FANDOM

1,927,873 Pages

StarIconGreen
LangIcon
​Pedigree

This song is by Rogerio Skylab and appears on the album Skylab I (1999).

Pobre de mim que não tenho pedigree,
Vivo esperando uma luz, um blues, um sim.
Se não me vem não tem de quê,
Arrumo um jeito pra esquecer
E canto assim.
Num outro dia eu caí, me espatifei,
Levei um tombo e rachei meu pincenê.
Eu vi estrelas e foi bom:
Nasceu a dor e o céu luziu.
Cantei assim. Num outro dia vi o diabo atrás de mim.
Um par de córneos e uma capa carmesim.
Como é bonito ser assim.
Beijei o diabo e disse assim,
Eu disse assim.
Depois por fim, numa nuvem cor de anis,
Anjo divino enterrou a espada em mim.
E no entanto agradeci
Pela beleza que há em ti,
Que há em ti. Pra terminar, resolvi chegar ao fim,
Arsênico e HIV pra mim.
Confesso não me arrependi,
O abismo é bom, vamos cair,
Vamos cair.