FANDOM

1,927,952 Pages

StarIconGreen
LangIcon
​Por Eles

This song is by Mess and appears on the album 100 Medo (2005).

Levo a vida um pesadelo pelas armas criadas
Sou um jovem solitário e pela family abandonado
Sou triste, sou podre, sou um desgraçado
Vivo num poço sem fundo mas com a rua do meu lado
Quem sou eu? Não sei, por que estou aqui?
Sei que vim de uma mulher que nem eu conheci
Um cantinho do passeio é a minha morada
Sou um filho da noite, o meu lugar é na calçada
Por que nasci senhor? Por que tanto sofrimento?
Por que uns tem muito e outros dormem ao relento?
Passo o dia a lamentar e as noites a desejar
Que a morte me encontre e os anjos me venham buscar
Que me levem pra longe onde haja paz e amor
Onde haja chance de viver e o meu ser tem valor
Por eles eu peço sossego e alegria um mundo perfeito
Com muito amor e harmonia

Sem lágrimas e com amor, ninguém irá sofrer
Tem que párar, tem que mudar esse
Povo já cansou de sofrer
Já não dá mais, tem que mudar
O futuro só depende da paz
Eu vivo a vida por viver, sem medo de morrer
Neste mundo de hoje em dia tudo pode acontecer
Aqui ninguém quer saber, todo mundo a perder
Tanto sangue derramado e é o que chamam desenvolver?
Inocentes sofrem por algo que não fizeram
Crianças sem apoio desde o dia em que nasceram
Cadê ajuda ao próximo?
Cadê a humanidade?
Cadê os direitos humanos?
Olhem para o grau de desigualdade
Agora tá na moda mostrar quem tem poder
Nações contra nações,para alguns enriquecer

Mas e o que ganham disso,formam novas gerações
Com maldade a duplicar dentro dos seus corações
Como que querem parar com essa coisa do crime
Se os próprios ladrões têm quem os ensine
Têm quem os patrocine para ações marginais
Yo em vez de andarem aos tiros
É melhor fecharem os canais
Sou apenas um simples porta voz do meu povo
Mais uma vez cá estou falando por eles
Yo falando por eles
Yo eu falo por eles
Sem lágrimas e com amor, ninguém irá sofrer
Tem que párar, tem que mudar
Esse povo já cansou de sofrer
Já não dá mais, tem que mudar

O futuro só depende da paz
É altura da paz, baby paz pro mundo inteiro
Chega de mortes queremos amor no nosso meio
What now?
We gotta stop new
Já contaram por dia gente que vai ao caixão?
Isto é um apelo pelo social, só não baixa homicídio
Se o meu presente tá assim, qual será de nossos filhos?
Pois bem então já tens a mensagem a missão é espalhar
Pra que chega a outras margens
O meu amor, vai direto pra quem, valoriza o que eu digo
E ajuda quem não tem
É preciso paciência
É preciso coragem
Em nome do hap eu dedico esta homenagem

Sem lágrimas e com amor, ninguém irá sofrer
Tem que párar, tem que mudar
Esse povo já cansou de sofrer
Já não dá mais pra aguentar, tem que mudar
O futuro só depende da paz!