FANDOM

1,928,176 Pages

StarIconGreen
LangIcon
​Engenho De Dentro

This song is by Jorge Ben and appears on the album 23 (1993).

Olha aí meu bem, prudência e dinheiro no bolso, canja de galinha nào faz mal a ninguém
Cuidado pra não cair da bicicleta, cuidado pra não esquecer o guarda chuva

Cuidado pra não cair da bicicleta, cuidado pra não esquecer o guarda chuva

Conversa, bitoca, espera passa o rodo para melhorar, chama pra dançar

Conversa, bitoca, espera passa o rodo para melhorar, chama pra dançar

Engenho de Dentro quem não saltar agora só em Realengo

Engenho de Dentro quem não dançar agora só no próximo baile em Realengo

Momento, luminoso, carinho sensualidade, luxúria fantasia, sonho, felicidade
Você encontra nesta cidade, você encontra nesta cidade

Sonhando que o dólar caiu e o dinheiro subiu numa boa teirei a escada e beijei Davidowa

Ela continua oferecida e sorridente chega sempre atrasada mas me deixa contente
E
Olha aí ela quer que eu esfregue ela quer que eu sacudo ela quer que eu sapeco

O que que ela quer? Ela quer um repeteco (Diz)
O bandeira dois pra não dá bandeira, escuta finge que não vê enrola e roda a noite inteira
É tudo, nada é nada, assim filosofou Dom Maia, a cabeça do olivetto é igual a uma
Cabeça de negro
Muito QI e TNT do lado esquerdo, o tiranossauro REX, mandou avisar, que pra acabar
Com a malandragem
Tem que prender e comer todos os otários

Olha aí meu bem, prudência e dinheiro no bolso, canja de galinha não faz mal a ninguém (diz)
Olha aí meu bem, prudência e dinheiro no bolso, canja de galinha não faz mal a ninguém
Conversa, bitoca, espera passa o rodo para melhorar, chama pra dançar

Engenho de Dentro quem não saltar agora só em Realengo

Engenho de Dentro quem não dançar agora só no próximo baile em Realengo

Cuidado pra não cair da bicicleta, cuidado pra não esquecer o guarda chuva

Cuidado pra não cair da bicicleta, cuidado pra não esquecer o guarda chuva