FANDOM

1,928,605 Pages

StarIconBronze
LangIcon
​O Reflexo

This song is by Indrominado.

Contigo sinto-me outro, algo desperta em mim
Nunca mordo vou vivendo meu bem mas é assim a vida
Vista de fora existem cores e estrelas
Mas so quem vive e viveu por dentro é que pode teme-las
Não dete-las, a cor cai como purpura
Mas renasce na ciência do valor de dois seres que se alinham
Como os planetas em noite de Armagedom
Hoje desalinhado, inanimado, as canetas são o meu maior alimento
No céu, na terra, no infinito
O sacrifício é definitivo p'ra alcançar a sintonia humana
O importante é ver e estar a atento
Sentir e farejar o vento
Sentar e reflectir por um tempo
Cada tempo um filamento
Uma nova ligação entre a acção e o pensamento
Porque a vida não são rosas, não senhor
Mas aguçada amor por ti acudo como uma lança, uma seta atirada ao alvo
Penso poder estar a salvo das garras do meu destino
Penso poder caminhar sem ser o inimigo

Cretino é aquele que é falso e não tem magia
Aquele que diz que faz e na frente dificilmente agia
WA é assim a vida mano
1, 2, 3 é assim que eu apareço de novo e outra vez
Estou e sou alguém! Quem, eu?!
Yaaa, perdido na solidão por erros do passado
Enfrentei derrotas, celebrei vitórias
Lutei em falso no vazio
Sempre acreditei no progresso mas o retrocesso era contínuo
Conto como uma vida perdida numa sina que me destruíu o destino
Quero voltar a encontrar o meu espectro
Perdi o meu espirito, a minha alma
Que me governava e me estabelecia regras e devers
Assim como direitos e saberes

Quero voltar a mim
Quero voltar a ver o mar subir e partir as ondas
Quero voltar a encontrar o meu espectro
Quero, quero que o vento sopre forte e cego
Quero ve-lo a furar o meu passado como um prego
(Como um prego, como um prego . . .)