Fandom

LyricWiki

Da Weasel:O Remorso (O Que É Que Se Há-de Fazer) Lyrics

1,869,327pages on
this wiki
Add New Page
Talk0 Share

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.

StarIconGreen
LangIcon
O Remorso (O Que É Que Se Há-De Fazer?)

This song is by Da Weasel and appears on the album Iniciação a uma vida banal - O Manual (1999).

Yo
História vedadeira, from the heart to my baby (that's right)
(Yeah,yeah com'on!)

A caminho da clínica para ir buscar os resultados
Vejo e revejo todos os passos errados
Não foram poucos, mas o remorso é uma coisa tão incrível
As imagens organizam-se de uma forma acessível
O telemóvel toca – é a minha namorada:
– Tudo bem, o que é que fazes, puto?
– Nada, baby, nada
Telefono-te daqui a pouco
– O quê que tens? Parece que que tás rouco
Se ela soubesse do meu sufoco, quase que fico louco
Como é que a vou encarar se estiver positivo?
Quando a conheci estava bem negativo
Se eu apanhei, ela apanhou de certeza absoluta
Como é que pude ser tão grande filho da puta?
A minha mãe sempre me disse:
– Puto tem muito cuidado
E eu sempre me gabei de andar bem informado
Mas sempre dormi à brava, dei na fruta à brava
Sempre vivi à brava mas não quero morrer à brava

Refrão:
O remorso é uma coisa tão incrível
As imagens organizam-se de forma acessível
O telemóvel toca, é a minha namorada:
– Tudo bem? O que é que fazes, puto?
– Nada, baby, nada

Alinho as caras de pessoas com quem mantive sexo
Ocasional ou não, quanto mais penso, mais fica complexo
A lista não é extensa mas basta apenas uma vez
Penso na miída do "Kids" encerrada em lividez
A sala de espera parece o corredor da morte
Pesado como o ar está, não há nada que o corte
Lembro-me da conversa que tive com a minha médica
Para ela não há problema, eternamente céptica:
– A pior das hipóteses não é tão má assim
Hoje em dia é diferente – acredita em mim
Acordo quando ouço o meu nome chamado em voz alta
Juro que é a última vez que hoje o medo me assalta
A doutora traz um sorriso, o que não quer dizer nada
Mas quase que ejaculo quando vejo a folha imaculada
Tenho que festejar, hoje á noite é a doer
Não comprei camisas –
O que é que se há-de fazer?

Refrão
O remorso é uma coisa tão incrível
As imagens organizam-se de forma acessível
O telemóvel toca – é a minha namorada:
– Tudo bem o que é que fazes, puto?
– Nada Baby nada..

O remorso é uma coisa tão incrível
As imagens organizam-se de forma acessíve
O telemóvel toca – é a minha namorada:
– Tudo bem o que é que fazes, puto?

Also on Fandom

Random Wiki