FANDOM

1,948,119 Pages

StarIconBronze
CertIcon
LangIcon
O Homem Fantasma

This song is by Clã and Sérgio Godinho and appears on the live album Afinidades (2001).

This song is a cover of "O Homem-Fantasma" by Sérgio Godinho.
Watch video at YouTube
Eu sou o homem-fantasma
Vejo tudo sem ser visto
Eu sou um justiceiro
Com um disfarce sinistro
Eu meto medo aos que nos vêm
Com falinhas falsas
E treme-lhes a dentadura
Cai-lhes as calças

Eu sou o homem fantasma
E estou em toda a parte
Voar para alguns é profissão
Para mim é uma arte
Mas para ver o meu bairro
Eu não preciso de asas
Muito prédio a crescer
E muita gente sem casas

Nunca descansa
O homem-fantasma
E a gente espanta-se
E a gente pasma
Quando respira fundo
O homem-fantasma
Nunca é de alívio
Quando muito será de asma

Eu sou o homem-fantasma
E estive num hospital
Há lá quem morra
Tanto da cura como do mal
E os donos da medicina
Disseram: "Aí, o homem-fantasma!
Depressa, uma seringa
Um bisturi, um cataplasma!"

Eu sou o homem-fantasma
E como vidro transparente
Eu sento-me aos jantares
E ninguém me pressente
E dizem: "Tal e coisa
E coisa e tal e vice e versa!"
E o que lá fora era discurso
Cá dentro é conversa

Nunca descansa
O homem-fantasma
E a gente espanta-se
E a gente pasma
Quando respira fundo
O homem-fantasma
Nunca é de alívio
Quando muito será de asma

Nunca descansa
O homem-fantasma
E a gente espanta-se
E a gente pasma
Quando respira fundo
O homem-fantasma
Nunca é de alívio
Quando muito será de asma

Eu sou o homem-fantasma
Combatente infatigável
Mas atenção que até eu
Posso ser creticável
Se depois do que eu digo
E denuncio e reclamo
Eu voltar para casa
E em casa eu for um tirano

Nunca descansa
O homem-fantasma
E a gente espanta-se
E a gente pasma
Quando respira fundo
O homem-fantasma
Nunca é de alívio
Quando muito será de asma

Nunca descansa
O homem-fantasma
E a gente espanta-se
E a gente pasma
Quando respira fundo
O homem-fantasma
Nunca é de alívio
Quando muito será de asma
De asma
De asma
De asma

Written by:

Sérgio Godinho

External links