FANDOM

1,927,992 Pages

StarIconGreen
LangIcon
​Formiga Desunida

This song is by Benito Di Paula and appears on the album Ela (1972) and on the album Brasil Som 75 (1975).

Vê, formiga desunida não tem paradeiro
Não se admite samba sem pandeiro
E as ondas não se cansam de enfeitar o mar

Vê, ninguém consegue triunfar sozinho
Há um milhão de pedras no caminho
Que a gente enfrenta pra poder passar

Quem consegue anunciar sem distinção de cores
Na união de pássaros e flores
A perfeição do verdadeiro amor

Vai dizer que o nosso caso não é nada sopa
Que somos simplesmente um varal sem roupa
Usa o rio sem ter um carril, sem correr pro mar

Ai, que vida mais sem vida, que gosto sem gosto
O vento que me beija, me bate no rosto
O mundo que me abraça finge não me ver