Fandom

LyricWiki

Adriana Calcanhotto:O Verme E A Estrela Lyrics

1,870,028pages on
this wiki
Add New Page
Talk0 Share

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.

StarIconGreen
LangIcon
O Verme E A Estrela

This song is by Adriana Calcanhotto and appears on the album A Fábrica Do Poema (1994).

Agora sabes que sou verme
agora, sei da tua luz
se não notei minha epiderme...
e, nunca estrela eu te supus
mas, se cantar pudesse um verme
eu cantaria a tua luz!
e eras assim... por que não deste
um raio, brando, ao teu viver?
não te lembrava. azul-celeste
o céu, talvez, não pode ser...
mas, ora! enfim, por que não deste
somente um raio ao teu viver?
olho e não vejo a tua luz!
vamos que sou, talvez, um verme...
estrela nunca eu te supus!
olho, examino-me a epiderme...
ceguei! ceguei da tua luz?

Also on Fandom

Random Wiki